Datasite Logo
March 24, 2022

Market Spotlight: M&A 2021 nas Américas

O recorde global de M&A foi quebrado. O valor agregado de negócios ultrapassou a barreira dos US$ 5 tn e atingiu US$5,7 tn em 2021, superando o recorde anterior de US$3,9 trilhões em 2015. Os recordes também caíram para o volume de deals, com 25.982 transações. Foi o ano dos trimestes de trilhões de dólares, já que o valor global agregado atingiu US$ 1tnem cada trimestre pela primeira vez. 

O que tem impulsionado essa bonança de negócios? Em primeiro lugar, taxas de juros muito baixas para tornar baratos os empréstimos. Além disso, as bolsas de valores se mantiveram fortes de meados de 2020 a 2021. Eles forneceram tanto poder de fogo para as empresas pagarem pelos ativos, quanto a confiança que os executivos precisavam para tomar essas grandes decisões. Em resumo, as estrelas se alinharam para a atividade de deals.  

Mas mesmo isso não era tudo. A pandemia, longe de ser uma desgraça, serviu para aumentar a corrida para a digitalização. As altas valorizações resultantes de ativos valiosos - especialmente em tecnologia - estimularam ainda mais a atividade. 

Nuvens no Horizonte  

Hoje, o navio de M&A parece impossível de afundar. Mas, como sempre, é prudente procurar por nuvens no horizonte em 2022. Por exemplo, em janeiro houve alguma volatilidade no mercado de ações, embora o S&P 500 continue bem acima de seus níveis pré-pandêmicos. 

Uma inflação persistentemente alta é um iceberg em potencial. O índice de preços ao consumidor dos EUA subiu 7% em 2021, a maior taxa em quase 40 anos - desafiando o otimismo anterior de que o aumento dos preços seria transitório. E, claro, a arma usual contra a inflação é aumentar as taxas de juros. O Federal Reserve dos EUA (como muitos bancos centrais ao redor do mundo) está agora avaliando essa estratégia, com o presidente do Fed, Jay Powell, indicando no final de janeiro que está disposto a adotar uma postura agressiva para combater a inflação.  

Entretanto, mesmo assumindo um aumento da taxa de juros, os custos dos empréstimos ainda serão extraordinariamente baixos para os padrões históricos. Isto, combinado com os grandes estoques de títulos de Private Equity com liquidez alta, deverá manter os players navegando por mares razoavelmente calmos.

Além disso, estas razões convincentes para fazer negócios ainda não desapareceram. Tendências como a digitalização e a transição energética só foram aceleradas pela pandemia do COVID-19. Embora 2021 possa ter sido o auge da atividade de negócios, há agora um momento no mercado de M&A que mostra poucos sinais de enfraquecimento. Os negociadores inteligentes estarão prontos para aproveitar esta maré.

E mais...

Se você deseja saber como o M&A tem se saído ao redor do mundo, verifique nossos outros relatórios de Deal Drivers em EMEA e APAC.

Saiba Mais

Deal Drivers Americas FY 2021

Deal Drivers: Américas FY 2021

Baixe agora

Pronto para Iniciar?

Você pode gostar:

TTR LATAM Hub

A series of spotlight reports produced in partnership with Datasite.

Madrid Spain city aerial
TTR LATAM – Relatório Abril 2022

Como está o mercado de M&A na América Latina até o momento neste ano? Quais setores têm impulsionado a atividade? E onde podem existir as oportunidades daqui para frente? Leia o relatório para saber mais detalhes sobre o estado das M&A na América Latina.

M & A Professional Working with a Data Room
Datasite Acquire: Take control of your buy-side process

The world’s first data room made especially for buy-side deals. It lets you create a simple, efficient, repeatable process for acquisitions. While bidding farewell to common issues such as weird file structures, inexperienced sellers, and chasing up deal progress.